À Frente do Tempo

10,00 €
Com IVA 1 a 4 dias úteis

«Uma das lições que a vida nos ensinou é a de que não se pode ter razão antes de tempo. Este conceito, que encontra na crueza da vida a prova da sua realidade, é muito perigoso. É perigoso, em primeiro lugar, para os infaustos predestinados da verdade que sofrem na carne e no espírito a malfadada dessintonia entre si e os seus contemporâneos, a que apenas um hipotético reconhecimento tardio (normalmente «post mortem»), pode servir de lenitivo às almas penitentes. Seguidamente, é perigoso para a sociedade ou para o microcosmo em que tal situação tem lugar, já que a separa de uma catástrofe qualquer. É apenas uma questão de tempo.

Quantidade

  Pagamentos e segurança

Garantimos que todas as transacções são efectuadas com a maior segurança possível

  Política de expedição

Efectuamos envios para território nacional entre 2 a 4 dias úteis.

  Política de devolução

Aceda aqui para ler a nossa política de devolução.

Sinopse

«Uma das lições que a vida nos ensinou é a de que não se pode ter razão antes de tempo. Este conceito, que encontra na crueza da vida a prova da sua realidade, é muito perigoso. É perigoso, em primeiro lugar, para os infaustos predestinados da verdade que sofrem na carne e no espírito a malfadada dessintonia entre si e os seus contemporâneos, a que apenas um hipotético reconhecimento tardio (normalmente «post mortem»), pode servir de lenitivo às almas penitentes. Seguidamente, é perigoso para a sociedade ou para o microcosmo em que tal situação tem lugar, já que a separa de uma catástrofe qualquer. É apenas uma questão de tempo.

Sem embargo, estas situações e o que lhes deu causa, ou não ficam na memória das pessoas e dos povos, ou são tidas por ultrapassadas pelos contemporâneos seguintes, inflamados de ignorância atrevida.

É, assim, fácil compreender como teimam em proliferar as personalidades equiparadas à cortiça, que flutuam sempre ao sabor da corrente, e não se molestam de sucessivas cambalhotas; e muitos outros, para os quais a melhor síntese que encontram para a sua espantosa plasticidade a toda a sorte de contorcionismos é a frase “só os burros é que não mudam”! E ainda por cima os burros, esses simpáticos animais injustamente caluniados, que estão quase a ser classificados como espécie em vias de extinção.

Este livro retrata parte do percurso de um desses “burros”»

Detalhes do livro

223 Itens

Ficha técnica

Autor
João José Brandão Ferreira
Páginas
704
Encardenação
Brochado

Referências especificas

ISBN
978-989-8379-39-9

Avaliações

Sem avaliações de momento.

Registar nova conta

Já tem uma conta?
Inicie a sessão Ou Redefina a password